terça-feira, 19 de março de 2013

Segue as estrelas e as gaivotas


Tá osso? Roa!
Rir de tudo enjoa.
A vida é assim. Tempestade, garoa.

Segure o leme e alinhe a proa.

Não tem peixe? Voa!
Não tem asas, soa.
Rema pra frente que a maré fica boa.

.

3 comentários:

  1. não curto coisas muito otimistas mas o ritmo dessa tá foda. curti!
    chloé

    ResponderExcluir
  2. Ritmo bom, versos simples e diretos. Gostei.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom.
    Texto claro, simples, porém sempre com aquela pitada poética do David pra refletir.
    Parabéns.

    ResponderExcluir