segunda-feira, 2 de abril de 2012

Jardim florido

Todas essas pessoas lindas no meu caminho são flores. Não as tiro do chão e tomo o máximo de cuidado para não pisá-las. Estão nessa estrada com um propósito: Embelezar a minha vida.

Dispenso o bem me quer, mal me quer. Não há dúvidas, nem certezas. Somente flores, apenas natureza. Tudo em volta tem o meu respeito, o tempo que duram e o vento.
Alguns vão dizer: “E os espinhos?” Direi: São defesas e não ataque. Com muito cuidado, um espinhos ou outro de vez em quando – todos superficiais.

Quero caminhar nesses jardins por muito tempo, sentir os diversos perfumes, passar por diversas essências e ter uma vida cada vez mais cheirosa.

...

“E os arbustos?” Disse o duvidoso. “São inevitáveis!”

- Quem cultiva flores e cuida do jardim, dificilmente terá arbustos ou ervas daninhas que o preocuparão.


.

2 comentários: