terça-feira, 2 de agosto de 2011

Até o verão chegar

...

Me sinto tão inofensivo... ...perdido em seu olhar
Até pareço bobo e desejo... ...com você namorar
...
As ruas são silenciosas... ...nas noites de inverno
Bouquet, cartão, sorriso largo... ...um amante moderno
...
Quero acordar primeiro... ...só pra te ver sonhar
Levar café, milhões de beijos... ... Até o verão chegar
...
Dá coragem e dá medo... ...pedir a sua mão
Sem solidão, seu corpo inteiro... ...é a minha canção
...
Quero acordar primeiro... ...só pra te ver sonhar
Levar café, milhões de beijos... ... Até o verão chegar

...


.

Um comentário:

  1. Com estilo e elegância, o romantismo não se cansa! Ótima Dave!

    ResponderExcluir