quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Solista


Deitada ela se tocou, não dependia mais de mim
E eu largado por balcões, amargando o próprio Gin
Em sua cama, dedilhava uma canção sem ter fim
Contagiado eu dançava, abraçado ao meio fio

Não tem mais jeito, velocidade, "Pinga ni mim"
Ela disse que não pensa... mas pensa sim

Não tem jeito, velocidade, é o auge e fim
Dominada entre seus dedos, seus lábios dizem sim

Me dá carona
Pra sua casa
Já começou a chover

To bem molhada
sua voz me excita
Adeus, muito prazer

Me dá carona pra sua casa
Já começou a chover

To bem molhada sua voz me excita, ela disse
Adeus, muito prazer.

Oh Deus... muito prazer!
Oh Deus muito prazer!
Oh Deus...


.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

N'Ação

O problema não é calibre, mira, tampouco aptidão.
Nem tensos como os EUA, nem tranquilos como Japão.

O Nordeste também sofre o descaso, longa ocasião.
Mas é o Rio, notícia, Internet, Jornais, Televisão.

É preciso espetáculo – Saúde não! – desvio de percepção.

A RECEITA PARA PEGAR BANDIDO É A MÁQUINA QUE GERA O VILÃO.
E há quem diga que contra o inimigo, o que resolve é a repressão.

Negligenciam a polícia, hospitais, professores, população.
E nos vendem a força como única salvação.
Como a indústria que fabrica a doença, o remédio, mas a cura não!

Entre os lados certos da moeda, não há verdade, mera opinião.
Contra arma, gatilho e munição, antes seria empatia, respeito, Educação.

.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Há sono


Há sono, mesmo assim te abandono por qualquer distração.
Seja pelas frestas da janela ou a lua e seu clarão.
Talvez algum sentido, algo que eu tenha lido
... apenas imaginação.

.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Recarregável


Tecnologia: de noite, luz.
De dia, Sol
Poesia
Escrevo, escrevo, perco
Energia
Antes do ponto, acabou a bateria.

.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Entre na moda

Entre no clima. Reserve lugares. O inverno está ai!

Estão em alta, nesta estação, os beijos saborosos cheios de vontade e os abraços longos. O cheiro do outro na própria pele.
Os encontros ao Sol, de mãos dadas, admirando o Céu azul.
Não deixe de reservar também, lugares ao luar, sob o Céu limpo e estrelado.
A temporada é de jantares, taças de vinhos e carinhos intermináveis.

O frio gelado é um sinal: edredons precisam ser divididos. E sim, dois corpos devem ocupar o mesmo lugar!
Esqueça velhos hábitos como dormir sozinho, deixar de amar ou não se apaixonar. É passado! – Batido!
O clima de romance é favorável, estimula e contagia, mas requer voluntários dispostos. Deixe-se levar! Seja A tendência!
Corra, não perca! Colha flores no caminho, use sua melhor roupa e o perfume que a pessoa que habita seu coração não resiste.

O inverno está aí para ajudar no reencontro, e já diz, em forma de vento frio, sussurrando em seu ouvido
“Deixa de ser brega. O amor está sempre na moda!”

Entre na moda

.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Adote


Carente de carinho. Sujo. Abandonado. Sozinho.

A saudade é uma corda amarrada no pescoço.
Quanto mais longe busca ir, mais aperta o nó na garganta - pobre cão sem passeio.

Mata a falta que sente do vento ou morre a míngua, perto do poste e do pote.
Balança o rabo, sonha liberdade, um dono, um lar. Cafuné, "vai deitar!"

.



terça-feira, 16 de maio de 2017

Passáro só



Quando eu ouço uma música boa lembro de você; de nós, esqueço de mim. Voo longe, sem tempo a perder, sem pressa de voltar. Quando a música acaba, chego depressa e não te encontro.

Procuro em outras músicas, e sem notas suas, o dia passa, a noite chega, e a saudade vira rotina.
Você é mundo seu, e eu... solo, pouso, galho a galho. O nosso canto, juntos, ecoa.

Perdi meu canto, no meu canto, canto e espero, voo e canto. Asas que não te acham, canto que não chega – pássaro só.

E as músicas boas tocam todo dia. Ouço e voo, voo e volto.

.

sábado, 13 de maio de 2017



"Estamos todos presos do lado de fora de um abraço", berra o gazeteiro, ignorado.
A manchete distraída passeia triste pelo calçadão.

.

terça-feira, 9 de maio de 2017

A Lua, cina.



A Lua cheia é uma lanterna oferecida
aos casais apaixonados - luz de encontro aos dispostos, fim do túnel.


.

sábado, 6 de maio de 2017

Reguenos


O Céu chora a Terra que tá
De alegria e de pesar.
O nome é Chuva.

.